Não é fácil ser mulher nas exatas…

Seja na aprovação no vestibular – “Vai fazer engenharia? É curso de homem, né?” – , na recepção de calouros – em que alguns veteranos ainda pensam que são donos das calouras -, no caminho para a faculdade – com risco de assédio no transporte público -, nas disciplinas – ouvindo comentários machistas de alguns alunos e professores -, na busca por trabalho – em que empresas pensam que somos menos capazes e especificam gênero para contratação, burlando a lei -, nas festas e chopadas – onde somos possíveis vítimas de assédio e violência -, enfim… não é fácil ser mulher nas exatas!

Contra todos os percalços, preconceitos e sexismo, ainda assim, seguimos em frente!

Que esse dia 8, seja um marco para que todos possamos avaliar nossa posição em relação ao papel da mulher na sociedade, deixando de lado nossos pré-julgamentos, sabendo o momento de falar e de ouvir e percebendo que elas podem, sim, tudo que quiserem!

A Âmbar deseja a todas as mulheres, em especial às (futuras) Engenheiras Ambientais, um Feliz Dia Internacional da Mulher e, ainda, dias melhores por vir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *